SuperFM Noticias

Todos os destaques do Rock estão aqui!
10 Abril 2019

Psicólogos Explicam Porque Cantar No Carro Dá Tanto Prazer

||
0 Comentários
|

A música é capaz por si só de aumentar os anticorpos que fortalecem a imunidade do organismo, protegendo-nos contra bactérias e infeções. E, de acordo com os especialistas, cantar no carro também gera vários outros efeitos positivos para a saúde mental.

 Um estudo global realizado em 2017 com mais de 1.700 membros de grupos corais concluiu que cantar em grupo beneficia o bem-estar da pessoa por criar conexões sociais e estímulos cognitivos.

A psicoterapeuta Kelley Kitley, de Chicago, nos Estados Unidos, explicou em declarações ao jornal LA Times que ela própria já sentiu esses benefícios. Quando sai do trabalho depois de passar o dia a atender clientes e volta para casa para o marido e os quatro filhos, a prática diária de cantar no carro no caminho de volta é fantástica para libertar todas as tensões acumuladas consequentes de um dia agitado.

“Antigamente tinha o ritual de chegar em casa e beber um copo de vinho”, contou Kitley. “Há seis anos, quando fiquei sóbria, necessitei de substituir o vinho por algo positivo. Adoro música e adoro acompanhar canções, isso é algo que me energiza profundamente.”

Cantar no carro não apenas tornou mais prazerosos os trajectos que Kitley faz sozinha no carro – também os passeios de carro com toda a família ficaram mais descontraídos.

Além disso, a especialista defende que cantar é uma alternativa divertida para pessoas que não gostam de meditação ou outros métodos para administrar gerir o stress e a ansiedade.

“Geralmente há alguma discrepância na escolha das canções, mas é super divertido”, disse a terapeuta. “Especialmente pelo facto de passarmos tanto tempo no carro. Recomendo o canto aos meus pacientes tanto quanto recomendo que pratiquem yoga ou meditação”.

Talvez queira ler também...   Porque É Que Os Gatos Adoram Caixas De Cartão?

Connie Omari, terapeuta profissional licenciada que atende na Carolina do Norte e é proprietária da Tech Talk Therapy, disse que também ela sugere aos seus pacientes que cantem enquanto estão ao volante. A prática do canto pode servir como uma forma de meditação, acalmando uma mente agitada.

“Quando ouvem música, os condutores substituem pensamentos negativos por outros mais positivos, com a ajuda do ritmo”, explicou. “É um convite, uma oportunidade para a meditação, para viverem o presente”.

E, como conduzir sozinha por muito tempo pode ter efeitos negativos (algumas pesquisas concluíram que isso eleva o risco de depressão), Omari disse que cantar ao volante regularmente pode ajudar a aliviar um pouco alguns desses problemas.

“Conduzir é uma actividade tão rotineira e mundana para a maioria das pessoas que, se conduz em silêncio, esse silêncio pode tomar conta dos seus pensamentos”.

Adicionalmente, a música produz as hormonas de bem-estar que recebemos quando abraçamos uma pessoa querida.

Para a terapeuta familiar Katie Ziskind, do Connecticut, também nos Estados Unidos, cantar e ouvir música liberta oxitocina, substância química às vezes descrita como a ‘hormona do amor’. A maioria das pessoas sente os efeitos da oxitocina quando abraça alguém ou no início de um relacionamento amoroso. A oxitocina propela emoções como confiança, senso de estabilidade e até mesmo descontração.

“Esta substância melhora o ânimo das pessoas”, disse a terapeuta. Ela explica que a oxitocina não é o única ‘hormona feliz’ libertada quando ouvimos as nossas canções favoritas. “Estudos revelam que basta pensar em ouvir a vossa música favorita, antes de começar a ouvi-la realmente, para que seja libertada serotonina e dopamina, outras substâncias químicas cerebrais que reduzem a ansiedade e levam o bem-estar”.

Deixa um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com