SuperFM Noticias

Todos os destaques do Rock estão aqui!
12 Setembro 2017

Dave Grohl e Taylor Hawkins Falaram Sobre Perigos Da Depressão

||
0 Comentários
|

Numa entrevista para a The Rock FM, Dave Grohl e Taylor Hawkins, dos Foo Fighters, falaram sobre as trágicas mortes de Chris Cornell e Chester Bennington, que aconteceram há poucos meses.
“Quando atinge alguém como p Chris Cornell ou Chester, vê-se o quão terrivel a depressão é como doença”, começou Grohl que continuou, emocionado:
“Todo a gente passa por isso n sua própria maneira. Eu não posso falar por qualquer outra pessoa nessa condição, mas a pior parte é quando perdemos um amigo. Eu imediatamente penso nas suas famílias e colegas de banda, porque quando se trata de algo tipo o suicídio, é uma estrada longa. O Chris era um tipo tão lindo, ele era uma pessoa muito doce, tão talentosa, tinha tanto a oferecer. Foi um choque ouvir que ele se foi. Eu acho que a saúde mental e a depressão é algo que as pessoas devem levar a sério. Existe um certo estigma nisso, infelizmente. Do mesma maneira que você tomamos conta de nós de diversas maneiras diferentes, eu acho que é importante que as pessoas cuidem delas mesmas nesse capitulo. Não é fácil, a vida é difícil.
Taylor continuou:
“É como tu disseste, as pessoas às vezes parecem estar tão bem. É para mostrar que não importa quanto dinheiro temos na conta, ou quantas visualizações na página do YouTube, isso tudo vai para o lixo se, como o Dave disse, não nos estivermos a sentir bem.
Nunca mais poder ouvir um álbum novo do Chris Cornell novamente é a minha versão egoísta [de encarar a situação], e existe uma dor ainda maior além dessas minhas razões egoístas. Eu conhecia-o mal, mas pelo que eu soube, ele era muito fixe. Eu não conhecia bem o Chester, mas conhecia um pouco o Chris — e o Dave também.
Eu consigo lembrar-me do tempo em que eu entrei para a banda, nós os dois tocávamos riffs dos Soundgarden juntos. Eu me lembro de compor o “There’s Nothing Left To Lose” com o tipo que foi o engenheiro de alguns dos álbuns deles, e nós ouvíamos aqueles discos bastante. Eles eram uma grande inspiração para nós como músicos, o Chris Cornell era um mestre. A sua perda é triste, mas como o Dave diz, é algo real. Tomem conta de vocês, e se vocês encontrarem alguém que pareça abatido, triste, conversem com eles.

Talvez queira ler também...   Os At The Drive-In Lançaram Um Novo Videoclip

Deixa um comentário