SuperFM Noticias

Todos os destaques do Rock estão aqui!
31 Julho 2020

Time For T Antecipam Edição De EP Com “Qualquer Coisa”

O novo EP Simple Songs for Complicated Times foi um projecto espontâneo que começou numa caravana na floresta (perto de Lagos) durante a quarentena, devido ao COVID 19. Inicialmente, Time For T tinha pensado gravar um EP muito simples apenas com voz e guitarra mas acabou por pedir aos outros membros da banda e a alguns amigos que se encontravam em quarentena (entre Geneva, Lisboa, Madrid e Porto) para adicionarem as suas partes, porque cada um tinha a possibilidade de gravar em casa.

Este projecto, inicialmente solitário, rapidamente se transformou num trabalho colectivo à distância. Com a tecnologia à disposição, conseguiram criar este EP e aprender uma nova forma de fazer música.

“Engraçado como algo que começou de forma tão solitária e intimista, se transformou num trabalho colectivo e agora acessível para todo o mundo. O EP conta com as participações de Club del Rio (vozes em “Fire on the Mountain”), Juan Espiga e Cavalo 55 (coros e banjo em “Manteiga”), Monday, Junno e Margarida Falcão (coros em “Captivity”), Naima Lili e Mattia Corda (coros e tompete em “Best Behaviour”) e finalmente Andrew Stuart-Buttle (violino e baixo em “Qualquer Coisa”). A mistura ficou encarregue do nosso colaborador e amigo de longa data, Hugo Valverde, sempre disposto a entrar e a melhorar as nossas aventuras musicais.

O EP Simple Songs for Complicated Times sai dia 14 de Agosto de 2020 pela Street Mission Records. Uma mistura de canções em Português, Inglês e Espanhol, gravado um pouco por todo o lado.

MÚSICA “QUALQUER COISA”

“Qualquer Coisa” é um tributo à vida boémia, em toda a sua glória e comédia trágica. O tema surgiu em plena pandemia e é a segunda canção cantada em Português do EP. Trata-se de uma lista de observações da vida em Portugal, mais concretamente em Lisboa, na altura dos Santos “Aquele cheiro a sardinhas e haxixe, os santos devem estar felizes”. Há uma certa nostalgia dos tempos antes da pandemia num tom satírico ao longo da música. Na verdade, esperamos que tudo voltará ao seu lugar após este ciclo “Amanhã é mais um dia que vai tornar-se ontem”.

Chamando o talento do antigo colaborador Andrew Stuart-Buttle (Lucy Rose) de Brighton para adicionar arranjos de violino, a canção ficou imediatamente mais madura e sofisticada. O Andrew disse que gostou muito da canção mas que só percebeu as letras “cerveja e macieira”. Lá está, é um tema brincalhão sobre coisas sérias.

Talvez queira ler também...   11 Singles Dos Linkin Park São Certificados Como Platina
|

Deixa um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com