SuperFM Noticias

Todos os destaques do Rock estão aqui!
15 Junho 2021

Quais São Os Benefícios De Ter Gatos Em Casa

||
0 Comentários
|

Está comprovado, conviver com gatos faz bem à saúde dos humanos. Refere a clínica Veterinária de São João, de acordo com estudos a que teve acesso, que vamos já passar a expor, os gatos conseguem melhorar o nosso estado emocional, ajudam a fortalecer o nosso sistema imunitário e até fortalecem os nossos ossos. Ora veja.

Reduzem risco de ataque cardíaco

Quem tem um gato em casa tem 30% menos risco de sofrer um ataque cardíaco, note-se. Quem o diz são investigadores da Universidade de Minnesota, em Minneapolis.

Os pesquisadores acreditam que ter um felino em casa é relaxante e alivia o stress, um dos principais fatores de risco dos problemas cardiovasculares.

Também um estudo publicado no Journal of Vascular and Interventional Neurology encontrou uma diminuição do risco de morte por doenças cardíacas, incluindo acidente vascular cerebral, entre as pessoas que convivem com gatos, revela a Clínica Veterinária.

Melhoram o sistema imunitário

Segundo os responsáveis pelo estudo “Life Events and the Use of Physician Services Among the Elderly: The Moderating Role of Pet Ownership”, quem tem gatos ou cães, geralmente apresentam melhor saúde do que aqueles que não têm, além de que visitam menos vezes o médico, quem o afirma são

Combatem alergias

Um estudo feito pela Universidade do Wisconsin, nos Estados Unidos, afirma que conviver com gatos e cães desde muito cedo têm uma menor probabilidade de ter problemas alérgicos.

Gatos podem ajudar crianças com autismo

Num estudo feito na Universidade de Missouri, os pesquisadores descobriram que a interação social de crianças com autismo melhorou consideravelmente quando passaram a interagir e conviver com animais de estimação.

Revela a Clínica Veterinária que este estudo envolveu famílias com e sem animais de estimação, mas ambas com crianças autistas no seu seio. 

Verificou-se que as crianças que conviviam com os gatos e cães melhoraram consideravelmente as suas aptidões sociais, quer com os animais, quer com os humanos, conhecidos ou não delas.

Baixam a tensão arterial

Este é mais um estudo científico publicado no The Journal of Nervous and Mental Disease que mostra os benefícios em trocar afeto com animais de companhia. Foi conduzido em adultos saudáveis, crianças saudáveis e também em adultos com elevada tensão arterial.

Talvez queira ler também...   Descobertas Bactérias Probióticas Que Reduzem Colesterol No Queijo Do Pico

Os resultados? Mostraram mais uma vez que estar na presença de um cão ou acarinhar um gato pode ter efeitos bastante positivos no controlo da tensão arterial.

O ronronar dos gatos ajuda a curar ossos, tendões e músculos

Sim, leu bem. Segundo Leslie A. Lyons, professora assistente na Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade da Califórnia, o ronronar dos gatos, não mostra apenas que estão felizes.

Uma pesquisa já publicada no National Library of Medicine, diz que o som também tem sido associado por muito tempo com uma capacidade de cura terapêutica em ossos e músculos de humanos.

Ao que parece a frequência de vibrações dos ruídos emitidos por estes animais ao ronronar é profundamente regeneradora ao nível celular.

Reduzem a solidão

A depressão causa um mal enorme na saúde. Muitas pessoas acabam por encontrar nos animais de estimação, em especial nos gatos, uma companhia para o seu dia-a-dia, afirma a Clínica Veterinária de São João.

Diminuem a ansiedade

Um estudo da Universidade da Pensilvânia e publicado no American Journal of Clinical Hypnosis, afirma que acarinhar um gato pode reduzir os indicadores de stress ao nível cardiovascular, comportamental e psicológico.

Descobriu-se que, observar um peixe num aquário ou um gato a passear é tão eficaz em diminuir a ansiedade como uma consulta de hipnose.

Portugal prefere ter gatos em casa

Na Europa, os cães são favoritos em Espanha, França e Reino Unido, ainda que os gatos saiam vencedores na grande maioria dos países, como Portugal, Itália ou Alemanha.

Com base nos resultados do estudo realizado pela Budget Direct Pet Insurance, a plataforma espanhola Traveler, refere que os gatos são mais populares do que os cães em 91 países, com base no acompanhamento das publicações nas contas do Instagram e nas hashtags relativas aos animais de estimação no mundo interativo.

Cerca de 54,7% de portugueses dizem preferir gatos que cães. Sendo que Lisboa é a zona portuguesa com o registo de preferência mais alta. Já na cidade do Porto, preferem os cães.

|

Deixa um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com