SuperFM Noticias

Todos os destaques do Rock estão aqui!
12 Fevereiro 2019

Phil Demmel Disse Que Os Machine Head Se Tornaram No Projecto A Solo De Robb Flynn

||
0 Comentários
|

Phil Demmel disse que os Machine Head “se tornaram num projecto a solo de Robb Flynn “, no final do seu tempo na banda.

O guitarrista anunciou sua saída dos Machine Head em Outubro, explicando na época, que queria “se afastar e fazer outros projectos musicais”. Phil tocou na banda entre 2002 e 2018, fazendo dele o membro mais antigo nessa posição. Ele também foi membro fundador da banda “VIO-LENCE” , que também incluía o guitarrista / vocalista dos Machine Head, Robb Flynn. Antes de deixar oficialmente os Machine Head, completou a tourneé “Freaks & Zeroes Tour”.
Durante uma nova entrevista com o podcast “Talk Toomey” , Phil explicou as suas razões para sair dos Machine Head depois de 15 anos.
“Eu não vou dizer mal da saída da banda ou do Robb ”, disse Demmel . “Eu acho que ele é um músico incrível, e os tempos que eu tive nos Machine Head foram incríveis. Os últimos anos simplesmente não foram. Nós simplesmente não trabalhávamos como pessoas… Eu acho que o Robb se desviou do caminho de ser uma banda”, Phil continuou. “Ele permaneceu no seu caminho, em vez de estarmos no mesmo caminho”.
De acordo com Demmel , o seu envolvimento foi mínimo na produção do último álbum dos Machine Head , “Catharsis” de 2018 , um disco que ele disse odiar. Ele explicou: “Há momentos que eu gosto do que eu escrevi. Eu escrevi a maior parte da música para a “California Bleeding” , mas depois o Robb escreveu as letras por cima disso. Eu só queria poder usar os meus riffs’’. Mas o Robb disse “Não, não é para isso que queremos que eles sejam usados.”, disse Flynn. Então, acho que, nesse sentido, a banda acabou de se tornar num projecto a solo do Robb Flynn, e não foi nesse projecto que eu entrei. E os últimos anos foram basicamente a receber um cheque de vencimento. E eu simplesmente não conseguia fazer isso. O stresse e todas as conversas de “não podes fazer isso”, “não faças isso”, ‘não faças aquilo’, “não fiques aí”, “não digas isso”, “não cante as palavras para o público”, “não apontes”.
Depois de Demmel e McClain anunciarem a sua decisão de deixar os Machine Head , Flynn lançou uma mensagem em vídeo em que ele culpou as suas saídas pelo facto de que ele e os seus colegas de banda “se distanciaram como pessoas e também musicalmente”. “Eu agarrei muito as rédeas desta banda e sufoquei aqueles tipos.”
Apesar do facto de que Demmel e McClain já não estão envolvidos com os Machine Head , o guitarrista acredita que Flynn irá “absolutamente” continuar a banda com novos membros. “Nunca houve dúvida de que ele não continuaria”, disse Phil . “Especialmente na minha posição – eu acho que a posição de guitarra para essa banda seria apenas uma situação plug-and-play. Eu contribuí fortemente com o material. Mas no final, o Robb vai fazer o que ele quer fazer”
E acrescentou “Eu estou aqui sentado agora a processar tudo o que aconteceu, e eu acho que ainda há alguma, eu não quero dizer “amargura”, mas não sei se eu consegui realmente processar a maneira como tudo terminou e desapareceu “, ele admitiu. “Eu olho para o meu tempo na banda e estou muito orgulhoso de tudo que fizemos”, disse Demmel . “Eu ajudei a levar aquela banda do seu ponto mais baixo ao seu ponto mais alto. Nós escrevemos alguns discos incríveis, demos alguns concertos incríveis. Eu estou a tentar reflectir sobre todas as coisas positivas. E estar livre agora … Tanta coisa foi realizada nos últimos dois anos, três ou quatro anos – e apenas estar livre de stress é no que eu estou focado agora. Concentro-me em todas as coisas positivas que fizemos e sigo em frente com todas as coisas divertidas que estão a acontecer agora “.
Flynn é o único membro original dos Machine Head , que foram formados no início dos anos 90 em São Francisco. Ele ainda não anunciou substitutos para Demmel e McClain .

Talvez queira ler também...   Tobias Forge (Ghost) Deu A Sua Primeira Entrevista Sem Máscara

Deixa um comentário