SuperFM Noticias

Todos os destaques do Rock estão aqui!
23 Fevereiro 2021

Os Cruz De Ferro Vão Editar O EP “Leão Dos Mares” Em Março

||
0 Comentários
|

Do centro de Portugal, com Portugal no centro. Essa é a matriz da Cruz. Heavy metal épico onde a heroica memória nacional ecoa. Neste início de ano, os Cruz de Ferro empreendem nova investida com o EP “Leão dos Mares”, cinco novas composições que prometem não defraudar quem tem estado com eles nesta última década e agremiar mais um bom número de novos combatentes.

A banda oriunda de Torres Novas, distrito de Santarém, volta a evocar importantes figuras da História de Portugal, algumas nem sempre lembradas pelos feitos notáveis de séculos idos. É o caso de Afonso de Albuquerque, o Leão dos Mares, que dá nome a esta nóvel campanha do quarteto ribatejano. Governador da Índia Portuguesa na viragem do Séc. XV, O Grande de Goa era tão temido nos oceanos como diplomata de excelência. “Leão dos Mares” é antecipado pelo tema que lhe dá nome em videoclip já disponível.

Neste trabalho registado pelo produtor Arlindo Cardoso e pelo guitarrista Ricardo Pombo nos Southern Studios, faz-se referência a uma outra personagem dos primórdios da identidade portuguesa – Gonçalo Mendes da Maia, tutor do próprio Afonso Henriques. Reza a lenda que o “Lidador” contava já 90 anos quando derrotou os mouros numa frente de batalha, em Beja. O tema que fecha este novo e triunfante EP dos Cruz de Ferro revela a banda numa cavalgada rítmica ao estilo de uns Amon Amarth, esgotando as últimas espiras do disco ao som da guitarra portuguesa.

Numa edição Rastilho, limitada e exclusivamente em vinil, há espaço para novos elementos na música de um grupo que continua, ainda assim, fiel à tradição do heavy metal puro e duro, cantado em português. “A Nau dos Loucos”, tema que aborda o costume medieval de embarcar os proscritos e os loucos à deriva, revela uma faceta mais insana da Cruz, com blastbeats e solos suplicantes. Já “Conselho de Guerra” ataca num ritmo compassado, de implacável flama decretada pelos sinistros versos iniciais. Do novo disco faz ainda parte a faixa “Velada de Armas”, inspirada no hábito de rezar às armas antes de uma batalha.

Talvez queira ler também...   Guns N' Roses: Duff McKagan Partilhou Uma Música Da Sua Banda Punk Dos Anos 80

Os Cruz de Ferro começaram por lançar o EP “Guerreiros do Metal” em 2012 para, três anos depois, vincarem todo o seu poder combativo através do álbum “Morreremos de Pé”. Em 2017, “Guerreiros do Metal” sai numa versão aumentada, com cinco novos temas gravados com Arlindo Cardoso, onde se estreia o baterista Bruno Guilherme. Seguem-se os EPs “Imortal” (2018) e “Soldado Desconhecido” (2020), ano pandémico em que a banda esteve longe de parada, pois também colocou cá fora a cassete ao vivo “A Batalha de Torres Novas”, registo do primeiro concerto de sempre, a 8 de Fevereiro de 2013, no Cine-Teatro Virgínia.
2021 é mais um ano cravado pela Cruz de Ferro. Oito anos após a estreia em disco, estes Guerreiros do Metal estão prontos para nova batalha e, como sempre, vão sair vencedores, tal é o arsenal que carregam em mais um glorioso EP! Melodias argutas, riffs destemidos, ritmos avassaladores e a língua portuguesa expressa com orgulho e vigor, num trabalho que merece estar bem junto ao coração de todos os metaleiros lusos… e por todo esse mundo fora. A Cruz Está de Volta!

Tracklist, LP
A1. Leão dos Mares
A2. A Nau dos Loucos
B1. Velada de Armas
B2. Conselho de Guerra
B3. Lidador

|

Deixa um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com