SuperFM Noticias

Todos os destaques do Rock estão aqui!
20 Janeiro 2022

Novo Disco A Solo De Eddie Vedder Tem A Voz Do Falecido Pai Do Cantor

||
0 Comentários
|

Eddie Vedder revelou uma série de participações especiais que vão estar presentes no seu novo disco a solo, Earthling.

Depois de divulgar a tracklist do projecto, o músico partilhou alguns detalhes das músicas inéditas e, segundo o icónico vocalista dos Pearl Jam, entre as 13 faixas do aguardado disco estão colaborações com Stevie Wonder, Elton John, Ringo Starr e até mesmo o seu falecido pai.

Numa nova entrevista a revista MOJO (via Louder Sound), Vedder explicou como a voz do seu pai passou a integrar o álbum. Inicialmente, ele disse:

Eu realmente não conheci o meu pai verdadeiro. Eu encontrei -o talvez três ou quatro vezes quando criança, mas ele era, um ‘amigo da família’. Teria sido bom ter estado numa sala com ele em algum momento antes dele morrer quando eu tinha 13 anos. Teria sido bom partilhar que eu sabia que ele era meu pai, mas isso não aconteceu.

Em seguida, Eddie revelou que há cerca de 10 anos conheceu um “indivíduo incrivelmente fixe” chamado Carmen Fanzone que, além de ser um ex-jogador dos Chicago Cubs, se tornou chefe do Sindicato dos Músicos em Los Angeles. Foi a partir dele que Vedder conseguiu chegar até ao material gravado pelo seu pai, conforme ele contou:

Eu vi o Carmen a tocar num pequeno clube no Arizona, e um tipo que estava a tocar teclado com ele era o melhor amigo do meu pai. Dois anos depois, ele trouxe-me algumas fotografias deles em pequenos estúdios em caves. Alguns anos depois, ele trouxe-me cinco músicas do meu pai a cantar, num disco.

Carreguei aquele disco por dois, três meses na minha mala, não [estava] pronto para ouvi-lo. Finalmente tive coragem e, depois de algumas garrafas de vinho, coloquei-o a tocar uma noite na Argentina. E ele era bom. Foi incrível – como se ele tivesse deixado uma mensagem para mim.

Em parceria com Andrew Watt, responsável por produzir o álbum, Vedder montou “uma pequena colagem” em torno da voz do seu pai e incluiu-a no final do disco. Ele explicou:

Eu pensei no álbum como um setlist – no final, é quando começas a trazer convidados especiais. Tivemos o Stevie [Wonder] e o Elton [John], o Ringo foi uma adição incrível… e o meu pai está num disco com estes tipos, o que não é nada mau

Talvez queira ler também...   Johnny Marr Tocou “This Charming Man” Dos The Smiths Ao Vivo Pela Primeira Vez
|

Deixa um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com