SuperFM Noticias

Todos os destaques do Rock estão aqui!
18 Abril 2021

Blaze Bayley Falou Sobre A Rivalidade Entre O Grunge E O Metal Na Altura Em Que Esteve Nos Iron Maiden

||
0 Comentários
|

O ex-vocalista dos Iron Maiden, Blaze Bayley, concedeu uma longa entrevista ao canal do YouTube Crowcast, onde falou, entre inúmeros assuntos, sobre a rivalidade que existia entre o movimento grunge e o heavy metal na altura em que foi o vocalista da Dama de Ferro.

A parceria entre Blaze e os Iron Maiden foi entre os anos de 1994 e 1999, rendendo dois álbuns de estúdio: “The X Factor” (1995) e “Virtual XI” (1998) – além da colectânea “Best of the Beast”, lançada em 1996.

Já no começo de 1999, Blaze deixou os Maiden, seguindo na carreira a solo, tendo na discografia álbuns seminais como “Silicon Messiah” (2000) e “Tenth Dimension” (2002).

“Quando eu estava nos Maiden, nós estávamos em guerra com o grunge. O grunge estava a tentar matar-nos. A comunicação social britânica achava que o sol nascia do rabo de algumas bandas, e eles queriam que os Maiden morressem”, relembrou Blaze.

“Nós fomos até ao vale da morte, nós tocamos em Seattle no auge do grunge e foi um dos concertos mais horríveis que nós já fizemos. Haviam pessoas a olhar para nós como se nós fôssemos algum tipo de dinossauro e elas estavam a pensar: ‘Porque é que eles não morreram ainda’”?, pontuou o vocalista.

“Nós estávamos a lutar pela existência do heavy metal. E onde estão eles agora? O metal é para sempre porque ele está no coração dos fãs”, enfatizou Bayley.

“Sinto muito, mas o grunge era moderno. E a melhor coisa sobre o que eu faço é que não é moderno. Eu sou sempre impopular e é por isso que eu durei tanto tempo. Eu sou pequeno, mas se eu fosse realmente popular, eu atingiria o pico e depois desaparecia”, concluiu.

Talvez queira ler também...   Serj Tankian Vai Lançar Um EP De Músicas De Rock Que Eram Originalmente Destinadas Para Os System Of A Down
|

Deixa um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com