SuperFM Noticias

Todos os destaques do Rock estão aqui!
15 Setembro 2021

Michael Kiske Disse Que Foi Muito Bom Ter-se Afastado Dos Helloween Por Quase 25 Anos

||
0 Comentários
|

O vocalista dos Helloween, Michael Kiske, falou recentemente com o My Planet Rocks, programa da rádio Planet Rock, sobre as lições que aprendeu ao sair da banda em 1993, para voltar 24 anos depois.

“Foi muito importante para mim”, disse. “Por mais difícil que tenha sido no começo estar de repente completamente sozinho, foi muito bom para mim. Isso moldou a minha personalidade. Eu estava a descobrir ideais; estava a descobrir porquê, o quê e como eu queria fazer as coisas. E todo esse processo de entrar em discussões com os meus ex-companheiros de banda e ficar extremamente desapontado com o que aconteceu, com a indústria, com os negócios, com as cenas e tudo o mais, passando por tudo isso ao longo dos anos e saindo mais maduro e fazendo as pazes com eles novamente, no nível humano, isso é o que realmente importa.”

“Quando vivemos, olhamos sempre para as coisas do ponto de vista do ego e, claro, dos nossos egos, queremos certas coisas – queremos apenas as coisas boas: queremos sucesso, queremos ser bonitos, queremos ser saudáveis, queremos as mulheres mais bonitas, queremos apenas as coisas que alimentam o ego”, continuou.

E concluiu: “Mas estamos realmente a crescer com o sofrimento pelo qual passamos. Desde que não nos destrua, ficamos mais fortes com os desafios e com toda essa experiência negativa que passei, especialmente durante os anos 90, não quero perder. Foi muito, muito importante para mim. Foi muito necessário. E estou muito feliz por termos conseguido fazer as pazes novamente, perdoar, esquecer e fazer algo assim juntos agora.”

Talvez queira ler também...   Taylor Momsen (The Pretty Reckless) Cantou Uma Versão De “The Keeper”, De Chris Cornell Com Alain Johannes
|

Deixa um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com