SuperFM Noticias

Todos os destaques do Rock estão aqui!
14 Fevereiro 2020

Casal Transformou Ideia De Gin De Fezes De Elefante Em Negócio

||
0 Comentários
|

Insólito ou não, um casal produziu um gin na África do Sul utilizando fezes de elegantes.

A história foi revelada pela CNN, que dá conta de que a ideia do ‘Indlovu Gin’ surgiu em 2018 durante umas férias dos dois professores de biologia, Paula e Les Ansley, na Reserva Natural de Botlierskop. O produto começou a ser trabalhado no final de 2019 e actualmente já é exportado para a Europa e para outros países africanos.

Para conseguirem confeccionar a bebida, produzida numa destilaria em Western Cape, na Cidade do Cabo, o casal procurou primeiro compreender como funcionava o processo digestivo dos elefantes, animais que absorvem apenas metade da comida que ingerem. Devido a esse facto, uma grande parte das plantas acabam por ficar no estrume dos elefantes.

Com um objectivo específico, Paula e Les associou-se à reserva onde estavam de férias. O casal pretendia conseguir recolher os ingredientes que dão o sabor ao gin.

À CNN, Les conta que a reserva natural se mostrou de imediato disponível para ajudar. O casal entrou em contacto com a direcção e perguntou se lhes podiam fornecer fezes dos elefantes. “Sim, sem qualquer problema”, revela Les a resposta da reserva.

“Enviaram-nos as fezes e nós começamos a perceber a preparação do produto”, explica.

A primeira coisa a fazer é lavar e secar as dezes. Um processo que se repete duas vezes para que os ingredientes possam ser usados em boas condições, a fim de se criar a infusão da bebida.

Relativamente ao sabor da bebida, o casal explica que o mesmo varia tendo em conta a zona onde as fezes foram recolhidas. Entre vários sabores está o de coentros.

Parte dos ingredientes da bebida alcoólica fazem parte alimentos que os elefantes ingerem, como frutas, cascas de árvore, aloé vera, acácia e ervas.

Talvez queira ler também...   Mulher Colocou "Marido Usado" À Venda No eBay Por 18 Euros

Quem adquirir uma garrafa de ‘Indlovu Gin’, que custa cerca de 30 euros, terá acesso, no rótulo, às coordenadas de GPS de onde foram recolhidas as fezes. Com um intuito solidário de apoiar a conservação dos elefantes, o casal resolveu doar 15% do valor da garrafa para a “Africa Fundation”.

Deixa um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com