SuperFM Noticias

Todos os destaques do Rock estão aqui!
16 Agosto 2021

Confinamento Tornou Os Gatos Mais Carinhosos E Carentes

Conhecidos por serem animais bastante independentes, surpreendentemente o confinamento que adveio da pandemia da Covid-19 tornou os bichanos mais carinhosos e carentes após partilharem mais tempo com os seus donos.

Foi o que revelou um estudo citado pelo site espanhol Meganoticias e publicado na revista internacional Environmental Research and Public Health, que se baseou nas mudanças de comportamento dos animais domésticos, no seu bem-estar durante a quarentena e na relação com a saúde mental dos seus donos.

A pesquisa foi realizada pelas universidades de York e Lincoln e incluiu quase seis mil indivíduos no Reino Unido, entre abril e junho de 2020, que compartilharam as suas experiências pessoais com os seus animais de estimação. 

O projeto científico para estudar o comportamento animal determinou qual poderia ser a razão pela qual agora os gatos são mais carinhosos e dependem mais dos tutores. 

De acordo com os investigadores, as mudanças comportamentais dos donos durante o confinamento, associadas a uma maior necessidade de companhia e de contato físico, estão por trás do novo comportamento dos felinos.

Os especialistas determinaram assim que variações na vida quotidiana dos humanos podem impactar significativamente nos seus animais de estimação.

Sendo que os felinos domésticos foram os que registaram maiores níveis de mudanças positivas na pesquisa, enquanto os cães foram os que experienciaram mais variações negativas.

Talvez queira ler também...   Síndrome Do Pânico Poderá Ser A Doença Do Ano Por Causa Do Coronavírus
|

Deixa um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com